Banner
RSS Notícias
Perfil do Municipio > Actividade Económica > Recursos Naturais

Recursos Naturais
Existem diferentes tipos de recursos com razoável potencial:

- Recursos Florestais e Silvícolas
- Recursos Apícolas

Foto por Neni Glock

- Recursos Florestais e Silvícolas (subsector)

Sem que tivesse sido possível fazer-se uma análise diacrónica do que tem sido a alteração da retracção da área florestada pela agricultura nos últimos 30 anos pode afirmar-se, embora sem quantificação por falta de estudos de base nesta matéria, que a ocupação da terra tem vindo a alterar sistematicamente o aspecto fisionómico inicial.

Os factores determinantes dessa alteração da paisagem florestal são fundamentalmente a expansão da fronteira agrícola e a intensidade da remoção de lenhas, principalmente do carvão, destinado ao Huambo e fundamentalmente a Luanda e Lobito.

Estes factores têm vindo a alterar uma grande parte da formação primitiva para dar lugar a comunidades típicas de savana aberta com arbustos, em que o estrato herbáceo é dominado pelas hiparrénias e Andropogon spp. de baixo valor nutritivo para o gado na época do cacimbo.

Em relação à floresta exótica e não obstante o potencial para a produção de lenhas e madeiras de espécies florestais lenhosas dos géneros Eucalyptus sp., Pinus sp., Casuarina equisetifolium e Cupressus, entre outras, bem representadas no município, a extensão dos povoamentos não tem ainda significado.

Considerando a importância do coberto florestal natural e no contributo que presta ao abastecimento energético doméstico, bem como o seu papel na conservação e regularização dos recursos hídricos sem os quais a agricultura de regadio e a produção de batata e cebola (que constitui a principal fonte de rendimento dos agricultores da comuna do Chipeio se verá fortemente ameaçada) pelo que é fundamental continuar a apostar neste sub-sector.

A Coopecunha dispõe de um viveiro já com uma razoável capacidade de produção de plantas, viveiro esse que é sustentado pela venda das plantas produzidas aberto ao público.

- Recursos Apícolas (subsector)

O Município apresenta boas condições naturais para a produção apícola, nomeadamente uma grande quantidade de plantas melíferas e de eucaliptos. Além de constituir uma fonte de geração de rendimentos, a actividade apícola é extremamente importante para a conservação dos ecossistemas, devido à polinização.

Experiências levadas a efeito na produção de mel e cera durante anos pelo Departamento de Estudos Florestais do antigo Instituto de Investigação Agronómica de Angola (IIIA) no Sacaála e Chianga, em colmeias móveis ou em produção mobilista, mostraram que o potencial existente é dos melhores do mundo. Em apiários experimentais e em regime extensivo obtiveram-se produções médias de mel respectivamente de 77 kg e 35 kg/colmeia.

A realização deste potencial pressupõe, técnicas melhoradas de maneio dos enxames e a sua conveniente divulgação bem como acções de aprendizagem, e a manutenção dos recursos naturais que servem de pasto para as populações de abelhas.

O Município, caso expanda de forma eficaz a cultura do eucalipto e de fruteiras, verá substancialmente reforçado o seu potencial melífero.
Financiamento
Apoio
Implementação
©2017 - Município Ecunha Quem Somos      • Contactos      • Links