Banner
RSS Notícias
Perfil do Municipio > Solos

Solos
A Carta Geral de Solos de Angola evidencia uma grande variedade de solos nesta região planáltica. Destacam-se como mais representativos os solos fracamente ferrálicos, amarelos ou alaranjados, laranjas e vermelhos, provenientes de rochas eruptivas ou cristalofílicas, quartzíferas (agrupamentos Hb 14, Hb 18 e Hb 23 que ocupam mais de 2/3 da área total da Província (Diniz e Aguiar , 1966). Embora os solos destes agrupamentos sejam, regra geral, fundos, e friáveis podem no entanto, apresentar laterites ou materiais latéricos a menos de 1 m de profundidade. Esta distribuição geográfica das principais unidades de solo está largamente condicionada pelo factor topografia: ferralíticos e fersialíticos nas zonas mais aplanadas com intensa degradação química, típica destes solos.

O conhecimento da génese de solos e das suas características químicas permitem dizer que, do ponto de vista agronómico , são solos que de modo geral apresentam uma reserva mineral fraca ou quase inexistente, relativamente pobres em matéria orgânica, argilosos (matérias cauliníticos e sexquióxidos de ferro) ou argilo-arenosos nos horizontes subsuperficiais e de textura um pouco mais grosseira, franco-argilo-arenosa ou mesmo franco arenosa nos horizontes superficiais.

O Ph destes solos, embora baixo, apresenta valores na faixa entre os 5,5 e os 6,5 o que está dentro dos limites considerados aceitáveis para o desenvolvimento da agricultura tradicional e da silvicultura.

Devido ao regime das chuvas e à tendência que estes solos têm para a laterização e degradação, eles são muito sensíveis à degradação impondo, do ponto de vista da sustentabilidade da actividade agrícola, que as técnicas culturais sejam adequadamente conduzidas e que haja um esforço de ordenamento da utilização do solo, sem o quale o potencial agrícola destes solos se tornará muito baixo ou insignificante.

Referem-se ainda os solos hidromórficos, que se localizam em estreitas faixas nos vales. Embora com uma representatividade fraca em termos de área, são normalmente solos ricos em matéria orgânica e revelam-se quase todos aproveitados para as culturas hortícolas de sequeiro (onhacas).

Foto por Neni Glock
Financiamento
Apoio
Implementação
©2017 - Município Ecunha Quem Somos      • Contactos      • Links